Buscar

POLICIA PRENDE RAPAZ QUE ASSASSINOU PROFESSORA EM MARÍLIA

Polícia prende assassino de professora Elisabete
1 de março de 2018
Jefferson Carlos da Silva foi preso em Praia Grande (Foto: Divulgação)
O mototaxista Jefferson Carlos da Silva, de 28 anos, acusado de ter assassinado sua namorada, a professora Elisabete Aparecida Ribeiro, de 37 anos, foi preso pela Polícia Civil nesta quinta-feira (1º) na cidade de Praia Grande, litoral Sul de São Paulo.
Jefferson foi preso por uma equipe da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Marília, liderada pelo delegado Sebastião de Castro, com o apoio de outros policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais).
“Apesar de não parecer muito, ele diz estar arrependido. Nós iremos levá-lo de volta para Marília amanhã (2). Por volta do meio dia estaremos na Central de Polícia Judiciária. Ele disse que irá dar sua versão também para a imprensa quando chegar em Marília”, disse o delegado.
Segundo a polícia, investigações apontaram que Jefferson estava trabalhando como vendedor ambulante de alimentos em uma das praias de Praia Grande. Ele foi detido ainda na areia.
O assassino confessou o crime e disse que teria uma tia naquela cidade. Apesar disso, o rapaz afirmou não ter contatado a familiar.
A Polícia Civil deve se pronunciar e dar mais detalhes sobre o caso nesta sexta-feira.
Polícia Civil no momento da prisão (Foto: Divulgação)
A morte
A professora foi morta a facadas durante a manhã do último dia 10 de janeiro, no apartamento onde morava, na zona Norte de Marília. Ela trabalhava em uma escola municipal e residia em um condomínio de prédios na rua Santos Dumont.
O crime foi descoberto pela família do assassino, que após ter matado a companheira foi até a casa da mãe, na Vila Altaneira, zona Leste da cidade. Ele chegou no imóvel sujo de sangue e com o rosto inteiro arranhado.
O suspeito teria dito para sua genitora que havia assassinado a mulher e que “nunca mais” ninguém ia vê-lo novamente.
Com a informação, a irmã de Silva, assustada, foi até o apartamento onde ele morava com a vítima. Ao chegar por lá, encontrou o imóvel fechado e acionou viaturas da Polícia Militar.
A porta do apartamento foi arrombada e os policiais encontraram a mulher já sem vida no chão da sala com vários golpes de faca no pescoço.
Jefferson vendia alimento na praia no momento da prisão (Foto: Divulgação)
Elisabete Aparecida Ribeiro, de 37 anos (Foto: Divulgação)
Local do crime (Foto: Divulgação)
FONTE:https://marilianoticia.com.br/policia-prende-assassino-de-professora-elisabete/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

visitantes