Buscar

Processo seletivo FATEC - unidades



Encontre aqui a programação para o Processo Seletivo Vestibular 2º SEM/17.
  • De 07/03 até às 15h do dia 06/04/2017 - Inscrições para isenção/redução da taxa no site www.vestibularfatec.com.br e entrega nas Fatecs (nos dias úteis das 9h às 20h) da documentação de isenção/redução da taxa
  • A partir de 11/05/2017 - Divulgação no site www.vestibularfatec.com.br do resultado da solicitação de isenção/redução da taxa de inscrição
  • De 11/05 até às 15h do dia 12/06/2017 - Inscrições do Processo Seletivo no site www.vestibularfatec.com.br
  • 27/06/2017 - Divulgação dos locais de Exame
  • 02/07/2017 (domingo), às 13h – Exame – duração da prova: 5 horas
  • 02/07/2017 (domingo), a partir das 18h30min - Divulgação do gabarito oficial
  • 20/07/2017 - Divulgação da lista de classificação geral, da 1ª lista de convocação e do desempenho dos candidatos
  • 24/07 e 25/07/2017 - Matrícula da 1ª lista de convocação
  • 26/07/2017 - Divulgação da 2ª lista de convocação
  • 27/07/2017 - Matrícula da 2ª lista de convocação
Valor da taxa de inscrição
R$ 75,00 (setenta e cinco reais) 

Exibindo todas as Unidades, Cursos e Cidades

Dívidas ativas do município poderão ser parceladas em até 48 vezes.

Atenção contribuintes: a partir de segunda-feira(29) as dívidas ativas do município poderão ser parceladas em até 48 vezes.


A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Fazenda informa que, com o objetivo de facilitar ou possibilitar o cumprimento de obrigação pelo interessado, foi sancionada pelo Prefeito Municipal a lei complementar que autoriza o parcelamento de créditos da dívida ativa.
Poderão ser parcelados os créditos, tributários ou não, devidamente inscritos em dívida ativa, ajuizados ou não, e os créditos de parcelamentos anteriores. A dívida ativa da fazenda pública devidamente consolidada poderá ser parcelada em até 48 mensais e sucessivas.
Portanto, a partir da próxima semana, os contribuintes poderão parcelar suas dívidas, como por exemplo, o IPTU, com entrada reduzida de 30% para 10% podendo escolher a melhor data de vencimento. Caso o pagamento seja feito à vista o desconto será de 25% nos juros e 40% na multa.
Mais informações podem ser obtidas no Ganha Tempo, situado à avenida das Indústrias 294. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Educadores de Marília discutem avaliação na educação infantil

Rede municipal reúne cerca de 700 educadores e discute avaliação na Educação Infantil


Rede municipal reúne cerca de 700 educadores e discute avaliação na Educação Infantil
Docentes, diretores, auxiliares de direção e professores/coordenadores participaram da formação para Emeis
A avaliação na Educação Infantil foi tema de encontro de formação continuada, na noite desta quarta-feira (17), para profissionais da Secretaria Municipal de Educação. A atividade envolveu docentes, diretores, professores/coordenadores e auxiliares de direção de Emeis, Escolas Municipais de Educação Infantil. Cerca de 700 educadores participaram, no Teatro do Sagrado Coração de Jesus.
O evento foi organizado pela equipe pedagógica que oferece, cotidianamente, o suporte para os profissionais da educação infantil. Marília conta com 37 Emeis e três escolas conveniadas.
Após a abertura pelo secretário de Educação, professor Beto Cavallari, os educadores assistiram a uma apresentação e fizeram perguntas à professora e assessora pedagógica Nara Soares Couto, doutora em Educação pela Unesp (Universidade Estadual Paulista), Campus Marília.
Ela abordou, de forma ampla e objetiva, a “Avaliação na Educação Infantil: Proposições Teóricas e Práticas”. O objetivo é subsidiar os profissionais da rede sobre essa importante etapa na documentação sobre a aprendizagem e o desenvolvimento do aluno.
A avaliação semestral é uma determinação do Ministério da Educação para todos os municípios. Em Marília, está prevista no artigo 51 no Decreto nº 11.881/2016, que regulamenta as “normas regimentais para as escolas municipais”.
Sandra Letícia Pichler, supervisora da equipe pedagógica, afirma que, na avaliação institucional que as Emeis elaboram ao final de cada ano, foi recorrente o apontamento da necessidade de uma formação sobre a avaliação na Educação Infantil.
“É fundamental observar a criança e reorganizar os tempos e os espaços a partir desta observação, em um contínuo observar–avaliar-reorganizar-observar, de forma que a atenção, a presença, o olhar e a escuta sejam os norteadores de todo o processo”, disse Sandra
Diante dos cerca de 700 educadores, Beto reforçou o estímulo para que a rede de Marília seja diferenciada pelo empoderamento do “professor intelectual”, um profissional que explora o conhecimento científico e torna-se autor do seu fazer pedagógico.
“Estamos em um processo contínuo de desenvolvimento em que o professor não apenas cumpre funções ou um processo pedagógico preestabelecido e imposto a ele, mas constrói esse processo a partir dos subsídios que oferecemos e o conhecimento que ele traz para a escola”, destacou Beto.
Foto: Assessoria PMM Júlio César de Carlis
educação02                Educação Educação01

Depois de 42 anos, Aeroporto de Marília conquista homologação e poderá receber benefícios.

Depois de 42 anos, Aeroporto de Marília conquista homologação e poderá receber benefícios.


Depois de 42 anos, Aeroporto de Marília conquista homologação e poderá receber benefícios.
O prefeito Daniel Alonso apresentou na tarde desta sexta-feira, dia 26, a homologação do Aeroporto Estadual Frank Miloye Milenkowichi. Depois de 42 anos sem o documento, Marília conseguiu regularizar a situação que pode abrir portas para investimentos em obras e atrair novas empresas. No último dia 24 o chefe do executivo esteve no aeroporto, juntamente com o secretário do Trabalho Turismo e Desenvolvimento Econômico Cássio Luiz Pinto Junior, para  uma nova avaliação do projeto que está em andamento, porém com alguns entraves relacionados ao Governo do Estado.
A homologação encerra um processo de dados que viabilizam a definição de rotas de aproximação e decolagem para os diferentes modelos de aeronave. O que não ocorreu anteriormente por falta de um levantamento sobre todas as construções de edifícios na cidade. Participaram do encontro o construtor José Aparecido Rossato, o secretário de Planejamento Rubens Ishii e o servidor arquiteto José Antonio Almeida.
O documento de homologação é uma espécie de mapeamento que identifica os pontos já construídos e também regulariza espaços que podem ser ocupados, além da altitude dos prédios a serem construídos na chamada zona de “sombra”, determinada por uma linha reta entre o prédio mais alto e a pista. No caso de Marília, este ponto mais alto é o edifício Dirna Montolar, na esquina das avenidas Rio Branco e Presidente Roosevelt.
Segundo o prefeito Daniel Alonso essa conquista trará muitos benefícios para a cidade. “Antigamente o desenvolvimento acompanhava ferrovia, depois as rodovias, hoje não há uma cidade que possa se desenvolver sem um aeroporto adequado. Empresas, hospitais, universidades, construtoras, investidores de toda a região dependem de um bom aeroporto”, disse o prefeito.
O chefe do executivo pretende marcar uma reunião com o Governador para que ele autorize o inicio das obras que já foram anunciadas por Geraldo Alckmin em 2013. O objetivo é promover a ampliação do terminal: área de passageiros, distribuição de embarque e desembarque, estacionamento e modernização de hangares particulares.
A ampliação inclui também medidas como implantação de equipamentos de suporte para apoio às aeronaves, o que pode reduzir casos de voos desviados e oferecer mais segurança à operação e, ainda atrair novas empresas e voos, como fretes para viagens. A homologação só foi possível com apoio da iniciativa privada e a apresentação aos órgãos de fiscalização por um grupo de investidores do setor imobiliário liderado pelo construtor José Aparecido Rossato.
HOMOLOGAÇÃO AEROPORTO (2) HOMOLOGAÇÃO AEROPORTO (3) HOMOLOGAÇÃO AEROPORTO (4) HOMOLOGAÇÃO AEROPORTO (5) HOMOLOGAÇÃO AEROPORTO (1)

Programação Virada cultural Marília

Trio elétrico abre virada cultura em Marília.


Trio elétrico abre virada cultura em Marília.
Novidades na programação ampliam variedades de linguagens artísticas da Virada
A Virada Cultural em Marília esse ano começa com uma novidade que é o bloco da Virada com um trio elétrico que realizará um percurso na cidade, saindo da Avenida das Esmeraldas seguindo até a Avenida das Indústrias, onde está instalado o palco externo com os principais shows da programação. O trio será regido pela banda mariliense Perfil, acompanhado do trio elétrico Furgoshow.
A concentração está marcada para ter início às 16h30, na praça da Emdurb com a presença das baterias da Unesp e bateria da Escola de Samba Portuguesinha do Morro. O percurso segue para a Avenida Tiradentes, Rua Bandeirantes, Avenida Sampaio Vidal e se dirige para a Avenida das Indústrias, ponto principal da Virada na cidade. O show conta com muito axé, músicas de carnaval e samba.
Não haverá distribuição de abadás e a população está convidada a acompanhar o trio que contará com o apoio e segurança do grupo de apoio ao trânsito de Marília.
Na sequencia do trio, no palco principal, acontece o show da banda, também mariliense, Capitão Fumaça que realiza um tributo a Beatles por 1 hora para o público.
Outras programações estão agendadas durante a virada e o roteiro completo pode ser visto no facebook da Secretaria Municipal da Cultura.
PROGRAMAÇÃO
27 de maio
Saída da Praça da Emdurb
16h30 – Trio elétrico com a banda Perfil
(percurso com o trio elétrico até a Avenida das Indústrias)
Palco Teatro Municipal Waldir Silveira Mello*
18h: Abertura Oficial – autoridades e representantes do Governo do Estado e Apaa
18h30: Dança: Ballet Stagium “Mané Gostoso”
22h: Dança: TF Style “Sob a pele”

Palco Avenida das Indústrias
19h30: Banda Capitão Fumaça
21h: Dança: Tá limpo – Discípulos do Ritmo
22h30: Música: Show Negritude Jr
23h59: Música: Show Hugo e Tiago
Auditório Municipal “Prof. Octávio Lignelli”
(piso superior da Biblioteca Municipal – entrada pelo Museu de Paleontologia)
10h – Contação de Histórias – Contos Daqui e de Lá – Grupo Paranpara
UMA NOITE NO Museu de Paleontologia: 18h às 22h
Sala de Projeção Municipal/Clube de Cinema de Marília
(piso superior da Biblioteca Municipal – entrada pelo Museu de Paleontologia)
18h – Mônica e o Desejo (A Summer with Monika). Gênero: Comédia dramática. Duração: 95min. País: Suécia. Ano: 1953. Direção: Ingmar Bergman. Class. indicativa 14 anos.
20h – Encurralado (Duel). Gênero: Drama/Suspense. Duração: 92min. País de origem: EUA. Ano: 1974 Direção: Steven Spielberg. Class. indicativa: 14 anos.
22h – Taxi Driver – Motorista de Táxi (Taxi Driver). Gênero: Drama/Policial. Duração: 115min. País de Origem: EUA. Ano: 1976. Direção: Martin Scorcese. (em parceria com o MIS – Museu da Imagem e do Som – São Paulo). Class. indicativa: 14 anos.
*Entrada por ordem de chegada até a lotação do teatro. Serão disponibilizados 400 lugares. A abertura do teatro se dará sempre 15 min antes das apresentações.
28 de maio
VISITA: Museu de Paleontologia: 10h às 13h
Auditório Municipal
10h: Contação de Histórias: Contos Daqui e de Lá – Grupo Parampará

Palco Teatro Municipal Waldir Silveira Mello*
11h: Teatro Infantil: Gigantes do Ar com Pia Fraus
16h: Teatro: Sala de Espera com Eco Teatral
17h30 – Música: Orquestra Terra Brasil

Palco: Avenida das Indústrias
9h: Zumba com Luciane Felix
15h30: Stand Up Comedy – Vida Curta, Dias longos com Daniel Duncan
17h: Música: Show Far From Alaska
18h30: Show de encerramento: Rael
Sala de Projeção Municipal/Clube de Cinema de Marília
(piso superior da Biblioteca Municipal – entrada pelo Museu de Paleontologia)
14h – Knetter (Knetter). Gênero: Comédia/Drama. Duração: 86min. País de Origem: Holanda. Ano: 2005. Direção: Martin Koolhoven. Class. indicativa: LIVRE.
*Entrada por ordem de chegada até a lotação do teatro. Serão disponibilizados 400 lugares. A abertura do teatro se dará sempre 15 min antes das apresentações.
perfil4 perfil3 perfil2 perfil1

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS