Pesquisar este blog

Buscar

tarado da motocicleta

Resultado de imagem para http://www.diariodemarilia.com.br/noticia/148261/tarado-da-motocicleta-ataca-advogada-no-bairro-fragata

ALCYR NETTO
Uma advogada de 31 anos foi a mais nova vítima do “tarado da motocicleta”, autor de ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor, no bairro Fragata, região central de Marília. Ela trafegava com sua motocicleta pelas imediações do Fórum, quando foi surpreendida. O último caso foi registrado no sábado, dia 10, sendo que várias mulheres já foram alvo deste pervertido, porém poucas procuraram a polícia para denunciar.
De acordo com informações apuradas pelo Diário, por volta das 12h30, uma advogada trafegava com sua motocicleta pela Rua Comendador Fragata, quando um indivíduo desconhecido, também utilizando uma moto, se aproximou e tirou o órgão sexual para fora da calça e começou a se masturbar na frente da vítima. Em desespero, ela acelerou com a motocicleta, cruzou a via pública de forma perigosa e tentou fugir, mas foi acompanhada.
Ele ameaçou jogar a motocicleta na frente do veículo da vítima, interceptando sua trajetória. Desesperada, a advogada começou a buzinar, na tentativa de se livrar do tarado, que só desistiu da investigada ao perceber que um automóvel estava se aproximando. A vítima só conseguiu visualizar que o homem era moreno, trajando camiseta vermelha e com capacete preto.
A princípio a vítima não pretendia registrar boletim de ocorrência, mas ao saber que outras mulheres passaram pelo mesmo constrangimento, na mesma região, provavelmente pelo mesmo indivíduo, decidiu procurar a Polícia Civil para relatar o caso.
AGOSTO
No dia 16 de agosto, uma vítima de 22 anos estava caminhando sozinha pela Avenida Monte Carmelo, por volta das 20h, quando o tarado trafegando com uma motocicleta vermelha e parou na esquina com a Rua Campos Novos Paulista. Quando se aproximava do desconhecido, ele tirou o órgão sexual para fora da calça e passou a se masturbar na frente da estudante.
Ele tentou encurralar a vítima contra uma parede, usando a motocicleta, mas ela saiu correndo, gritando por socorro, enquanto o tarado fugiu do local, tomando rumo ignorado. O motociclista era moreno, alto e magro, com cabelos pretos, aparentando ter entre 30 e 40 anos. 
Segundo a vítima, ao contar a história para suas amigas, soube que três delas sofreram a mesma investida, também pela região do bairro Fragata, entre os dias 17 e 18 de agosto. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investiga os casos.

fonte:http://www.diariodemarilia.com.br/noticia/148261/tarado-da-motocicleta-ataca-advogada-no-bairro-fragata

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS