Buscar

Marília (SP) já registra em 2016 um número 38% maior de assassinatos do que no ano passado inteiro

07/09/2016 07h00 - Atualizado em 07/09/2016 07h00


Cidade registrou número 38% maior em 2016 do que o ano passado inteiro.
Polícia Militar diz que a maioria dos crimes tem relação com as drogas.

Do G1 Bauru e Marília
Marília (SP) já registra em 2016 um número 38% maior de assassinatos do que no ano passado inteiro, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP). Já foram 18 homicídios em Marília este ano. Cinco mortes a mais do que o total do ano passado. Segundo a Polícia Militar, a maioria dos crimes tem relação com o consumo de drogas.
Homem foi encontrado morto em casa em Marília (Foto: Reprodução / TV TEM)Homem foi encontrado morto em casa em Marília
(Foto: Reprodução / TV TEM)
Em menos de 24 horas foram dois assassinatos em Marília. Nesta terça-feira (6), um homem foi encontrado morto dentro de uma casa no bairro Nova Marília. Segundo a polícia, ele foi espancado até a morte. A polícia foi chamada pelos vizinhos e encontrou os dois suspeitos fugindo, mas conseguiu prendê-los.
Na segunda-feira (5), José Geraldo da Silva, de 36 anos, foi encontrado morto a tiros em um terreno baldio na Vila Barros. A Polícia Militar relaciona os crimes ao consumo de drogas e sabe que a maioria das vítimas é jovem.
O delegado seccional Wilson Carlos Frasão diz que não vê motivo para os moradores terem medo, pois Marília, com 233 mil habitantes, segundo a Secretaria de Segurança do Estado, está com o índice de criminalidade abaixo do tolerado, que são 10 mortes por cem mil habitantes. Das 18 registradas até agora, somente três não foram esclarecidas.Mas o aumento da violência ainda é uma pergunta sem resposta. Por isso, o investimento nas rondas policiais foram intensificadas em regiões onde a criminalidade tem sido mais frequente, como a zona oeste da cidade.  “Nós fazemos o mapeamento das áreas de segurança pública, que são revistos diariamente todos os crimes que acontecem, priorizando latrocínios, homicídios, roubos e furtos de veículos. A Polícia Militar observa onde acontece esses homicídios e intensifica o patrulhamento”, afirma o capitão da PM Fabiano Mendonça.
“Nós temos direcionado todos os nossos recursos para essa investigação. De todos os casos apenas três não tem a investigação completamente fechada, todos os demais foram esclarecidos”, explica.
  •  
Corpo foi encontrado em um terreno da favela Vila Barros, em Marília (Foto: Alcyr Netto/Diário de Marília/Divulgação)Corpo foi encontrado em um terreno da favela Vila Barros, em Marília (Foto: Alcyr Netto/Diário de Marília/Divulgação)

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS