Pesquisar este blog

Buscar

Dupla em motocicleta efetuou disparos de arma de fogo que tiraram a vida do morador da Vila Barros

Jovem morre baleado na cabeça por dupla de moto em Marília

Crime foi no Núcleo Habitacional Alcides Matiuzzi.
Segundo a polícia, foram disparados pelo menos cinco tiros.


Jovem foi baleado e morto (Foto: Reprodução / TV TEM)Um jovem de 22 anos morreu depois de ser baleado na cabeça na noite de terça-feira (2), na Rua Neuri Antônio Cordeiro Filho, no Núcleo Habitacional Alcides Matiuzzi, zona norte deMarília (SP).
De acordo com informações da polícia, Maurício Aurélio passava pelo local quando foi abordado por dois homens que estavam em uma motocicleta. Na sequência foram disparados pelo menos cinco tiros e um deles atingiu a cabeça do jovem.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para socorrer a vítima, que morreu no local do crime.
A Polícia Militar fez buscas na região, mas até a manhã desta quarta-feira (3), nenhum suspeito havia sido localizado. O caso foi registrado e está sendo investigado pela Polícia Civil.
fonte:http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2016/08/jovem-morre-baleado-na-cabeca-por-dupla-de-moto-em-marilia.html


FONTE: Diário de Marília

Vítima de homicídio na zona norte levou tiros à queima roupa na cabeça

Dupla em motocicleta efetuou disparos de arma de fogo que tiraram a vida do morador da Vila Barros


ALCYR NETTO

O auxiliar de serviços gerais Maurício Aurélio Ferreira de Carvalho, 22, foi morto na noite desta terça-feira, dia 2, com aproximadamente cinco disparos de arma de fogo, por dois indivíduos em uma motocicleta, no bairro Alcides Matiuzzi, zona norte de Marília. No passado ele foi absolvido pelo Tribunal do Júri em caso de homicídio contra o desempregado Jean Anastácio Correia da Silva, 21, conhecido como “Choco” ou “Dudinha”.
De acordo com informações apuradas pela Polícia Civil, Carvalho estava caminhando pela Rua Neuri Antônio Cordeiro Filho, por volta das 22h45, quando foi abordado por dois indivíduos em uma motocicleta Honda CG, cor preta. Um deles efetuou aproximadamente cinco disparos de arma de fogo, provavelmente com revólver calibre 38, atingindo a cabeça da vítima.
Não foi possível socorrer o auxiliar de serviços gerais, que morreu no local. Os criminosos fugiram logo em seguida, tomando rumo ignorado. O delegado Bolívar dos Santos Júnior, que atuava no Plantão da Central de Polícia Judiciária (CPJ), foi até o local com uma equipe de investigadores, colhendo as primeiras informações sobre o assassinato.
“A vítima foi alvejada por cerca de cinco tiros à queima roupa, todos na cabeça. Colhemos informações no local sobre a autoria e motivação, que foram repassadas para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que ficará responsável pelos trabalhos de Polícia Judiciária daqui para frente. Neste momento não podemos comentar mais detalhes para que os trabalhos investigatórios não fiquem prejudicados”, disse o delegado.

TRIBUNAL DO JÚRI
Maurício Aurélio Ferreira de Carvalho já respondeu processo e ficou preso por acusação de ter sido um dos autores da morte do desempregado Jean Anastácio Correia da Silva. A sessão do júri foi presidida pelo juiz Angel Tomas Castroviejo, da 1ª Vara Criminal, mas os jurados, por maioria de votos, entenderam que ele era inocente e o absolveram no caso de homicídio.
Silva morreu no início da madrugada do dia 4 de dezembro de 2013. Uma testemunha passava com um veículo pela estrada vicinal quando encontrou a vítima ensanguentada, caída às margens da estrada vicinal Danilo Gonzáles, que liga a zona oeste da cidade ao distrito de Avencas.
O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas foi constatado que o rapaz já estava morto. A vítima ainda segurava um aparelho celular, que foi apreendido para investigação. A DIG esclareceu que Carvalho e um homem não identificado teriam sido as últimas pessoas vistas com a vítima, mas com a absolvição, após permanecer um longo período atrás das grades, foi colocado em liberdade.

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS