Um caminhão atropela multidão na frança

Um caminhão teria atingido a multidão que participava das celebrações do Dia da Bastilha na França e deixado pessoas mortas na cidade francesa de Nice (Sul da França), segundo a imprensa local.
O incidente teria acontecido durante uma queima de fogos em uma avenida costeira da cidade chamada Promenade des Anglais.
Uma imagem no Twitter mostra cerca de dezenas de pessoas deitadas na rua, alguns já recebendo atendimentos.
A prefeitura local pediu às pessoas da região que ficassem em casa e chamou o incidente de "um ataque".
O prefeito, Christian Estrosi, afirmou que "o motorista de um caminhão aparentemente matou dezenas de pessoas". Ele também postou em seu Twitter que "foi o dia mais dramático da história de Nice com mais de 70 mortos."
Ainda não a confirmação oficial sobre o número de vítimas, mas há informações de que chegariam a 73 mortos, segundo a TV francesa iTELE.
O caminhão teria dirigido por dois quilômetros avançando na multidão, conforme o promotor de Nice Jean-Michel Pretre disse à agência de notícias AFP.
NiceImage copyrightPA
Image captionAtaque gerou correria em um dos principais pontos turísticos de Nice
Alguns relatos também citaram tiros trocados entre policiais e as pessoas que estariam no caminhão, mas isso não foi confirmado.
Sebastien Humbert, subprefeito do departamento dos Alpes Marítimos, disse a uma TV francesa que o incidente pode ter deixado 100 feridos. Segundo ele, o motorista do caminhão foi morto depois com um tiro.
O Twitter oficial do Ministério do Interior afirmou que o motorista "foi neutralizado" e que a polícia já está investigando se ele agiu sozinho.
Um vídeo que está sendo compartilhado nas redes sociais mostra pessoas correndo nas ruas e o pânico tomando conta da multidão logo após o incidente.
AFPImage copyrightAFP
Image captionVeículo atingiu as pessoas que celebravam o Dia da Bastilha em Nice
Um repórter do jornal Nice Matin estava na região e relatou que havia "muito sangue e, sem dúvidas, muitos feridos".
Outra imagem publicada no Twitter mostrava o caminhão parado no meio da avenida com algumas partes da frente amassadas e quatro policiais observando enquanto se protegiam atrás de uma árvore.
Um repórter da agência France Presse disse que o incidente ocorreu no fim da queima de fogos: "Nós vimos as pessoas sendo atingidas e pedaços de detritos voando ao redor".
Uma testemunha falou à TV francesa BFM: "Todo mundo estava gritando 'corram, corram, corram, é um ataque, corram'. Nós ouvimos alguns tiros. Achamos que eram os fogos, porque é o 14 de julho."
"O pânico se espalhou. Começamos a correr porque não queríamos ficar ali e entramos em um hotel para ficar em segurança", afirmou.
Roy Calley, que também estava na região na hora do incidente, disse à BBC que "milhares de pessoas estavam lá quando tudo aconteceu".
Pelo Twitter, o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy manifestou sua solidariedade às vítimas. "Emoção profunda e tristeza infinita diante do ataque a Nice. Solidariedade aos habitantes de Nice e dos Alpes-Maritimos."

Postagens mais visitadas deste blog

ATRIBUIÇÃO 2017 - ENTREGA DE DOCUMENTOS DE ESCOLARIDADE - MARÍLIA