Buscar

Cadastro para as casas do Residencial Vida Nova Maracá II

Maracá II: Cadastramento vai atingir renda familiar de até R$ 6.500
A Emdurb e o Grupo Pacaembu confirmaram que enquadrados na Faixa 3 do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal(renda familiar entre R$3.500 e R$ 6.500) também poderão se cadastrar para as casas do Residencial Vida Nova Maracá II a partir do próximo dia 16. “Trata-se de uma fase de transição entre as faixas 2 e 3. Por isso, o cadastramento será aberto para renda familiar entre R$ 1.600 e até R$ 6.500. O subsídio poderá chegar a até R$19 mil e a entrada exigida entre 10% e 20% poderá ter a quitação tanto pelo FGTS como pelo subsídio em alguns casos”, explicou Alfredo Hipólito Toledano, da Alje Consultoria(Correspondente Caixa).
O lançamento do residencial será feito às 10h00 de terça feira, dia 12, pelo prefeito Vinicius Camarinha no local do próprio empreendimento, em Padre Nóbrega.  Trata-se de uma parceria da Prefeitura Municipal, Caixa Federal, Emdurb e Grupo Pacaembu.”Será um investimento de R$ 83 milhões. Além de garantir o sonho da casa própria para muitas famílias, irá proporcionar a movimentação da economia e emprego para muitos trabalhadores da construção civil”, destacou o prefeito Vinicius Camarinha.
O valor do imóvel será a partir de R$ 98.990,00. O financiamento poderá ocorrer em até 360 meses.
A novidade terça feira será a apresentação de uma casa com o mesmo padrão do residencial,  pronta e decorada para visitação. “Depois do lançamento do Residencial Maracá I, com 1.371 casas que estão em construção, estamos agora confirmando mais 832. O meu governo é responsável pelo maior programa habitacional da história de Marília com mais de cinco mil moradias. No momento, estão em construção 1.371 casas do Maracá I(Padre Nóbrega), 1.039 do Residencial Montana(Padre Nóbrega) e 816 apartamentos do Residencial São Bento I, II e III(Zona Sul)”, destacou Vinicius.
As famílias interessadas terão atendimento entre 16 e 24 de janeiro, inclusive sábados e domingos, na Espaço Cultural, entres 9h00 e 17h00. “Outra novidade é que as famílias interessadas nas casas após a apresentação da documentação, no próprio local,  já poderão fazer a entrevista de financiamento. Caberá à Caixa Federal aprovar ou não o cadastro. Lembrando que o interessado não pode ter outro imóvel no seu nome no local onde reside ou trabalha e nem financiamento habitacional em qualquer parte do território nacional”, explicou Alfredo Toledano.
Também haverá a opção do cadastramento via internet no site da Emdurb(www.emdurbmarilia.com.br) ou da Construtora Pacaembu(www.pacaembu.com/cadastro/maraca) Quem fez o cadastramento para o recém lançado residencial Montana terá de fazer um novo cadastro, segundo a Caixa Federal, por se tratar de outro empreendimento, porém terá de escolher entre um e outro.
Os documentos exigidos serão: originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência (conta de energia ou água), comprovante de estado civil, carteira de trabalho, extrato de FGTS atualizado além da documentação de comprovação de renda.
Não haverá sorteio. A Caixa irá convocar os cadastrados para definir os futuros moradores.
O prazo para a entrega das 832 casas é de 18 meses.
O Grupo Pacaembu atua há mais de 20 anos na construção de empreendimentos residenciais de interesse social, contemplados no programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Já são mais de 40.000 unidades habitacionais em todo o estado de São Paulo, incluindo o lançamento das 1.371 casas do Maracá I em Marília,  todas comercializadas  e com as obras avançadas.
 
Texto: Assessoria de Imprensa

Arquivo do blog

NOTÍCIAS

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS