Buscar

Wendell Lira vai tentar ganhar o prêmio de gol mais bonito. E Neymar, o de melhor jogador de futebol do planeta.

Resultado de imagem para neymarResultado de imagem para WENDELL LIRA

Dois brasileiros garantiram presença na festa da Fifa que vai premiar os melhores do ano, em janeiro de 2016, na Suíça. Wendell Lira vai tentar ganhar o prêmio de gol mais bonito. E Neymar, o de melhor jogador de futebol do planeta.
Os dribles já apontavam para um futuro de ouro. O menino com a camisa 10 do Santos é o Neymar numa partida contra o Nacional pelo Campeonato Paulista sub-15, em 2007 – ainda bem longe de ser um Kaká, melhor jogador do mundo naquela temporada.
Nos últimos oito anos, nenhum brasileiro ganhou, ou sequer apareceu entre os três finalistas da Bola de Ouro da Fifa. Nesta segunda-feira (30) de manhã, o Neymar acabou com o jejum.
“Parece que não é verdade. Parece que é um sonho, e eu espero que vocês não me acordem desse sonho. Me deixem continuar sonhando. É impossível descrever o que estou sentido. Só quero dizer que estou muito, muito, muito, feliz”, afirmou Neymar.
No último ano, ele justificou a indicação com 39 gols, dez deles pela Liga dos Campeões da Europa, vencida pelo Barcelona.
O concorrente mais forte é o companheiro de equipe Lionel Messi, dono de quatro troféus de melhor do mundo. Entre novembro de 2014 e novembro de 2015, ele fez 43 gols, quatro a mais do que o brasileiro.
O terceiro indicado é o último vencedor da Bola de Ouro. E nesse ano, fez 48 gols só no Campeonato Espanhol: Cristiano Ronaldo.
“Eu não penso em superá-los. O Cristiano Ronaldo fez a sua história, está fazendo a sua história. Messi continua fazendo a sua história, também. E eu quero fazer a minha”, disse Neymar.
O argentino Lionel Messi também vai estar no caminho do outro brasileiro em busca de um prêmio da festa da FIFA. Será na disputa pelo gol mais bonito do ano. O adversário talvez seja a única semelhanças entre o Neymar e o Wendell Lira, ex-jogador do Goianésia, desempregado até pouco tempo, e hoje atacante do Vila Nova.
"Acho que foi um furacão na minha vida, tudo muito novo, mas agradeço a Deus por tudo isso estar acontecendo", declarou Wendell Lira, finalista do prêmio Puskas.
Foi com a meia-bicicleta mostrada no vídeo, contra o Atlético Goianiense pelo Campeonato Goiano que o Wendell conseguiu um ingresso pra festa do dia 11 de janeiro na Suíça.
O Messi concorre com uma fila de dribles para cima dos zagueiros do Atlético de Bilbao na final da Copa do Rei da Espanha. O terceiro candidato é o Florenzi, do Roma, com um gol do meio da rua contra o Barcelona.
Numa noite de astros consagrados, um penetra de origem bem mais humilde.

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS