Buscar

Quase 900 presos serão beneficiados pela saída temporária, em virtude do Dia dos Pais, em presídios localizados na região de Marília.

CARLOS RODRIGUES

Quase 900 presos serão beneficiados pela saída temporária, em virtude do Dia dos Pais, em presídios localizados na região de Marília. Os portões serão abertos na manhã desta quinta-feira na penitenciária local, no CR (Centro de Ressocialização) e nas unidades de Álvaro de Carvalho e Pirajuí (Feminina). 
O Diário de Marília consultou o Decrim (Departamento Técnico de Apoio ao Serviço de Execuções Criminais) regionais de Bauru, Araçatuba e Presidente Prudente, que após a implantação do Decrim Digital passaram a publicar as portarias, com as normas referentes aos presídios da região de Marília.
A partir das 6h desta quinta-feira, os portões da penitenciária local serão abertos para 488 presos. Também serão beneficiados 189 detentos do Centro de Ressocialização. O benefício irá contemplar 677 sentenciados nas duas unidades. O retorno está previsto para o dia 10 (segunda-feira), até às 17h.
Pelo mesmo período também ocorrerá a saída temporária no presídio de Álvaro de Carvalho, onde estão 88 beneficiados. As mulheres também têm direito à saída para o Dia dos Pais: em Pirajuí serão liberadas 128 presas.
O Decrim de Araçatuba, responsável pela portaria que abrange o presídio de Getulina, informou que o benefício aos detidos na unidade ocorreu em período diferente. Começou no dia 31 de julho e termina hoje, às 17h. Foram liberados 78 presos.
As portarias publicadas pela Justiça definem restrições aos presos. Para ter direito ao benefício, o detento deve ter cumprido pelo menos 1/6 da pena (se for réu primário) ou 1/4 se reincidente. É necessário também ter residência fixa confirmada e não ter fugido em ocasiões anteriores. 
Os presos tem que permanecer no endereço informado e sair às ruas apenas entre 6 e 19 horas, com documentos pessoais e o comprovante da liberação. Os presos não podem frequentar bares, lanchonetes, boates, casa de jogos, parques de diversões ou locais de “reputação duvidosa”. 
Viagens não informadas à direção do presídio também são proibidas. Quem for flagrado após alguma infração à portaria, perde o direito ao semiaberto e regride ao regime fechado, até que um recurso seja julgado.

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS