Buscar

Protesto dia 16 de agosto: pedido de impeachment da presidente




24/07/2015
 às 19:39 \ Protestos

Quem irá aos protestos em 16 de Agosto?

Mais de 100 cidades confirmaram protestos contra o governo Dilma Rousseff para 16 de agosto. É possível que sejam as maiores manifestações populares desde 2013, quando milhões de pessoas tomaram as ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e outros lugares para protestar contra prefeitos, governadores e presidente.
Diversos políticos enxergam o 16 de agosto como termômetro para o impeachment da presidente. Caso o comparecimento seja gigantesco, os parlamentares anti-Dilma serão encorajados a iniciar o processo de impeachment. Se pouca gente for às ruas, os 62% que querem a presidente fora do cargo ficarão desanimados – a oportunidade política para o impeachment se dissolverá.
Quem serão os participantes? Analisar o perfil de quem foi aos protestos de 2013 pode nos dar uma pista. É isso que fizeram os cientistas políticos Matthew Winters e Rebecca Weitz-Shapiro. Em estudo publicado ano passado pelo Journal of Politics in Latin America, revelaram três achados.
Os dois primeiros não surpreendem. Os protestos levaram cidadãos a se identificarem menos com partidos políticos, especialmente com o PT. O incrível é que, ao contrário do senso comum, a queda de popularidade do PT não levou à participação de grupos de direita nos protestos, muito menos de militantes do DEM e o PP. Na verdade, simpatizantes do Partido Verde (PV) e do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) eram mais numerosos.
Difícil dizer se essa composição se repetirá em 16 de agosto. Os protestos serão concentrados contra o governo de Dilma Rousseff e o PT. Mas o sentimento “contra tudo que está aí” continua. Isso pode ser ruim para o PMDB e o PSDB, se o impeachment prosperar.

Seguidores

Seguidores Blog Cidade de Marília

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS