Pesquisar este blog

Buscar

38% dos professores estaduais haviam aderido à greve da categoria

Segundo a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), 38% dos professores estaduais haviam aderido à greve da categoria, que teve início na última segunda-feira, até a tarde de ontem em Franca. A entidade disse que a paralisação atinge ao menos 19 escolas da cidade. Professores de uma escola de São José da Bela Vista e de uma instituição de ensino de Itirapuã também estão parados.
De acordo com o sindicato, as escolas “Agostinho de Lima Vilhena”, “Vicente Minicucci”, “Maria Cintra Nunes Rocha” e “Lizete Paulino Teixeira” estão com 100% dos professores em greve. As instituições “Evaristo Fabrício”, “Ângelo Scarabucci” e “Antônio Fachada”, também segundo o sindicato, estão com 80% dos docentes parados.
A categoria reivindica aumento salarial de 75,33%, conversão do bônus em reajuste salarial, aumento dos vales alimentação e transporte, desmembramento de salas superlotadas, melhor infra-estrutura para as escolas, fim do corte de verbas e aumento de repasse para as escola, dentre outros pedidos. De acordo com o vice-coordenador da subsede de Franca da Apeoesp, Carlos Eduardo Rogério, até ontem, o governo estadual não havia apresentado nenhuma contra proposta aos professores.

fonte:http://gcn.net.br/noticia/281106/franca/2015/03/greve-dos-professores-tem-38-de-adesao-nas-escolas-de-franca

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS