Buscar

Concurso público para professores ganhar salario mínimo.

Você sabe quanto ganha um professor do ensino médio com curso superior completo e até pós-graduação? Em uma cidade pertinho da capital federal, acredite: pouco mais de um salário mínimo. O salário é menor até do que o piso nacional para uma profissão que deveria ser extremamente valorizada.
Um concurso público para contratar novos professores na Cidade Ocidental, município goiano que fica a 47 quilômetros de Brasília. Exigência: ensino superior completo e para algumas vagas é preciso ter também pós-graduação. Mas o salário oferecido surpreendeu a população. “Muito pouco, muito pouco”, diz uma mulher.Para o curso de graduação, são pelo menos quatro anos de estudo. Depois, um novo investimento de tempo, dedicação e dinheiro em um curso de pós-graduação. Tudo isso para o que equivalente a pouco mais de duas cestas básicas por mês. É o que a prefeitura da Cidade Ocidental está oferecendo a quem se especializou para trabalhar na formação de crianças.
O salário é de R$ 782,43 para 20 horas de trabalho semanais. Valor que desrespeita a lei nacional que estabelece a remuneração mínima para os professores. O piso salarial da categoria é de R$ 1.697,37 para 40 horas de trabalho. Para 20 horas, R$ 848,68.
O sindicato dos servidores da Cidade Ocidental entrou com uma ação no Ministério Público pedindo a revisão do edital. “A prefeitura já está citada sobre esse fato e não tomou providencias. Nós brigamos tanto por um piso e o município não obedece”, diz Alexandra Sousa, diretora do Sindicato dos Servidores Públicos.
Um professor com a mesma função e carga horária nas escolas do Distrito Federal recebe R$ 1 mil a mais. O especialista Afonso Celso Galvão diz que o salário oferecido é um desrespeito aos professores e mostra descaso com a educação.
“Isso não é um caso único. Há muitas outras localidades no Brasil onde ainda se paga isso. Desqualifica a profissão, desqualifica o professor, e apesar do discurso político colocar de modo enfático que educação é uma prioridade, o que nós observamos com ações como essa é que educação neste país continua longe de ser uma prioridade”, afirma Afonso Celso Galvão, especialista em educação.
A prefeitura alega que o valor do edital está previsto em uma lei municipal de 2011 que estabelece esse salário para os professores em início de carreira. Mas, a mesma lei determina que a remuneração não pode, em caso algum, ser inferior ao piso salarial nacional.
O chefe de gabinete da prefeitura diz que as remunerações do edital estão desatualizadas e que na prática os salários são maiores. Segundo ele, a prefeitura pretende corrigir o edital. Mas para isso precisa que os vereadores aprovem os novos valores. O projeto ainda não foi enviado à Câmara Municipal.
“A gente reconhece que esse salário baixo pode interferir no número de interessados. Então, um dos motivos dessa retificação do edital é aumentar a procura pelas inscrições”, afirma Manoel Tertuliano, chefe de gabinete da prefeitura.
Maria de Jesus Ramos, que tem dois filhos adolescentes, não vê a hora de novos professores serem contratados.
“A cidade está numa carência de professor muito grande. As crianças estão sendo prejudicadas assim terrivelmente porque vão para escola quando você pensa que estão estudando, já tão de volta porque não tem professor”, diz a comerciante Maria de Jesus Ramos.
fonte:http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2014/08/concurso-oferece-pouco-mais-que-um-salario-minimo-professor-com-pos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Seguidores Blog Cidade de Marília

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS