Buscar

O Salário do professores: professores trabalham e não recebem.

Professor trabalha, não recebe e ainda fica devendo para o Estado
As vésperas do pagamento, milhares de professores são surpreendidos ao olharem o holerite provisionado no site da secretaria da fazenda, uns com descontos absurdos, outros com pagamento zerado e até casos com saldo devedor para o Governo

 Era só o que faltava no governo do PSDB: professor trabalhar e não receber
A folha de pagamento dos professores estaduais paulistas foi preparada para confundir o professor, para que este não perceba, não compreenda onde estaria o “erro”:
O governo provisionou, para o começo de março, o pagamento de dias devidos de janeiro, juntamente com o salário de fevereiro. No meio desta confusão, tratou de descontar alguns dias lançados a mais em janeiro e, em milhares de casos, descontou muito além do que devia.
Em muitos casos, de forma totalmente absurda, os descontos foram maiores que os créditos e os professores não só não têm nada a receber, como ainda ficam devendo ao Estado, uma falsificação que via deixar milhares de professores numa situação insustentável.
Com esse “erro” – devidamente planejado - o governo retém milhões de reais por um período indeterminado, isso contanto com a possibilidade de futuras “correções”.
O suposto erro não passa de mais um ataque que o governo tucano promove contra os professores, como se não bastasse o concurso fraudulento, feito com bibliografia que não condizia com a prova e as chamadas com o início do ano letivo já em andamento, agora faz o professor pagar para trabalhar.
É necessário deixar claro que não se trata de um erro no sistema, ou um caso de incompetência do governo. Quando se trata de prejudicar os professores, o governo tucano é PhD, mais que qualificado. É a “organização tucana” mais uma vez atacando os educadores, como no descumprimento da jornada da Lei do Piso, que determina que 1/3 da jornada do professor seja cumprida em atividades extraclasse.
Leia abaixo alguns dos muitos depoimentos de professores, publicados nas redes sociais sobre o assunto.
Total Vencimentos 4.916,52 Total Descontos 3.347,08 Líquido a Receber 1.569,44” (R.G)
O meu veio errado também, mais de 2.500 reais de desconto. O maior desconto veio na forma de (R) = Reposição. Reposição de quê? Saldo negativo. O valor foi referente 01/01/2014 A 31/01/2014. Um absurdo!” (Z.M.)
Recebi o pagamento em janeiro e agora chegou uma carta dizendo que tenho que devolver uma parte desse valor que foi pago errado que foi do período de 20/12 a 31/12/ 2013, eu estava substituindo outro professor que estava em licença, tenho que devolver até 31/03/2014, alguém já passou por esta situação e pra ajudar ainda não atribui nem uma aula e ainda sou categoria O” (M.E.B.R)

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS