Buscar

Schumacher está em estado grave, depois do acidente de esqui sofrido na estância de Méribel, nos Alpes franceses.

O ex-piloto alemão Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, está em "coma" e em "estado crítico", depois do acidente de esqui sofrido na estância de Méribel, nos Alpes franceses.
 
foto YASUYOSHI CHIBA/AFP
Michael Schumacher "em coma e em estado crítico"
Schumacher está em estado grave
 
Num comunicado, publicado cerca das 22.30 horas locais (21.30 horas em Portugal continental), em conjunto com o serviço de imprensa do campeão germânico de 44 anos, o Hospital de Grenoble indicou que Schumacher "sofria, à chegada, de um traumatismo craniano grave, com coma, que necessitava de uma imediata intervenção neurocirúrgica".
"Ele permanece numa situação crítica", acrescenta o breve comunicado - assinado por dois médicos e o diretor adjunto do hospital -, que foi lido perante os jornalistas, no Centro Hospitalar Universitário (CHU) de Grenoble, para onde Michael Schumacher foi transferido de helicóptero, desde a estância alpina de Méribel.  
O porta-voz do hospital precisou que a próxima comunicação sobre o estado de saúde de Michael Schumacher não será feita antes das 11.00 horas locais (10.00 horas em Portugal continental) desta segunda-feira.  
De acordo com as televisões públicas alemães ARD e ZDF, que citam fontes hospitalares, Schumacher está em perigo de vida.  
Michael Schumacher foi transferido de helicóptero da estância alpina de Méribel para Grenoble, quando se percebeu que o seu estado era mais grave do que se pensava de início.  
O antigo piloto sofreu, na manhã deste domingo (11.07 horas locais, 10.07 horas em Portugal continental) um acidente de esqui, quando chocou com a cabeça contra uma rocha, numa altura em que esquiava fora da pista da estância de Méribel, nos Alpes franceses.  
Schumacher foi inicialmente hospitalizado em Moutiers, mas, pelas 12.45 horas locais (11.45 horas em Portugal continental), foi transferido para Grenoble, de forma a realizar mais exames, ao concluir-se que o seu estado poderia ser mais grave do que inicialmente parecia, segundo adiantou o jornal alemão "Bild".  
Na primeira informação oficial, prestada pelo diretor-geral da estância de Meribel, Christophe Gernignon-Lecomte, Schumacher não estaria mal: "Está no hospital de Moutiers, está consciente", disse.  
Sabine Kehm, porta-voz do antigo piloto, anunciou entretanto que Schumacher "levava capacete e não estava sozinho" quando aconteceu o acidente e que "mais ninguém esteve envolvido". Segundo a rádio France Info, Schumacher, que é dono de uma casa em Méribel, estava acompanhado pelo filho de 14 anos.  
O "Bild" noticia ainda que o neurocirurgião Gerard Saillant, amigo pessoal de Schumacher, já viajou de Paris para Grenoble, para acompanhar diretamente o processo. 

FICHA DE PAÍS

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS