Buscar

I concurso de Rap de Bauru no Alecrim Bar

04/12/2013 22:53

Bauru é a terra do Rap mais uma vez

Cidade vai sediar concurso musical no dia 7. Evento é voltado para iniciantes e receberá artistasKELLI FRANCO
kelli.franco@bomdiabauru.com.br   DIVULGAÇÃO
Dj Ding organiza neste sábado, dia 7, o primeiro concurso de rap de BauruDj Ding organiza neste sábado, dia 7, o primeiro concurso de rap de Bauru



Eles são promessas que vem de Bauru, Lins, Marília, Botucatu e Limeira. Mcs como o bauruense Jota Cahy, que buscam oportunidades para mostrar  sua música e, por isso, estão entre os participantes do 1º Concurso de Rap de Bauru e região, que será realizado neste sábado, no Alecrim Bar.

Para Jota, esta é a primeira oportunidade para, quem sabe, ter uma música gravada. “A situação para a gente tem melhorado bem, estamos ganhando espaço na nossa cidade, nos nossos bairros e as pessoas nos reconhecem, mas ainda falta atenção com os mc’s. Acredito que na nossa cidade, temos vários artistas bons que acabam ficando escondidos por não terem essa atenção”, afirma.

Atenção que o DJ Ding faz questão de dar sempre que pode. Ele está no meio musical há 25 anos e organiza eventos de hip hop regularmente na cidade. 

O organizador do concurso explica que tem muitos artistas que  já estão há um tempo na caminhada e não tem oportunidade nem de subir em um palco, nem gravar um beat e, por isso, ele resolveu criar esta oportunidade. “Dar espaço a quem ainda não tem espaço no cenário do interior, pois a cena aqui em Bauru é uma das mais fortes”, diz.

E ele tem razão. A cidade já tem nomes que são lembrados no cenário hip hop estadual e, porque não, nacional, como o Além da Rima e Coruja BC1. Além disso, o movimento hip hop vem crescendo na cidade. A semana destinada ao estilo musical, por exemplo, passou a fazer parte do calendário oficial da cidade em 2013.

Mas ainda falta um longo caminho a ser seguido, como explica o produtor musical Felipe Canela, que será um dos jurados do concurso:  “acho que falta incentivo do poder público. Estamos precisando de uma casa do hip hop aqui em Bauru, isso seria um grande incentivo e um grande começo pra gente poder desbravar mais nossa cidade e nossos talentos daqui”, diz.
        
Comemorar/ O concurso também é mais que apenas mostrar os novos talentos para a cidade. Para o Dj Ding,  também é momento de celebrar as conquistas dos bauruenses que conseguiram participar de grandes eventos durante o ano ou realizar o sonho de gravar a sua música. “Quis fazer esse concurso agora para fechar com chave de ouro o ano de 2013”.

Serviço/ Cada um dos 20 inscritos no concurso apresentará uma música autoral no dia 7 a partir das 23h. Convites antecipados por R$ 5. O telefone para informações é 3234-4203.

Gravar o ‘seu som’ não é fácil para os artistas da região

O grande campeão do concurso será definido pelo público e por um corpo de jurados e ganhará a gravação de uma música em estúdio, com produção de Felipe Canela, além de um vídeo com a apresentação no concurso. O vice recebe um beat de MoonhBeat’s e um logotipo feito pela Black Star Graffiti. O terceiro colocado ganha um beat produzido por Allisson Ferreira.
Nas palavras de Felipe Canela, o concurso é uma oportunidade para os mc’s mostrarem o seu trabalho. “ Quem ganhar esse concurso terá uma oportunidade que não está no alcance de todos. É caro gravação e produção de instrumentais de rap  e, na real, é mais um incentivo para a molecada que quer fazer rap”, garante.

E essa “molecada” da música alternativa já está acostumada a “dar duro” ou conquistar o espaço de maneira mais “rústica” como explica Jota. “Um amigo que tem uma caixa de som e um microfone já ajuda, pelo fato de que qualquer lugar pode ser um palco, uma praça, uma avenida ou até mesmo em casa, chamando um quantidade de amigos já podemos fazer um show”, explica ele que apresentará uma música lembrando a intensidade das manifestações desse ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NOTÍCIAS

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS