O ex-presidente do PT José Genoino se entregou à Polícia Federal no fim da tarde desta sexta-feira após ter a prisão decretada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) como resultado do processo do Mensalão.
Assessores do deputado sentenciado distribuíram uma nota afirmando que ele alega inocência e se considera um "preso político".
Mais cedo, o ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF, havia determinado a prisão de Genoino e de outros 11 réus do processo. Na lista estavam também o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares.
Os três devem cumprir pena em regime semiaberto, ou seja, poderão trabalhar durante o dia, mas terão que retornar à prisão para dormir.
Também constavam na lista, entre outros, o operador do esquema Marcos Valério, e seus sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, a dona do Banco Rural, Kátia Rabello, a ex-funcionária de Valério, Simone Vasconcelos, o ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas, o ex-deputado Romeu Queiroz (PTB-MG) e o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato.
A Polícia Federal confirmou ter recebido as ordens de prisão e disse que tentaria cumprir todas elas ainda nesta sexta-feira.
No momento da divulgação das ordens, Dirceu estava em sua casa em Vinhedo, no interior paulista. Ele seguiria de carro para a sede da Polícia Federal na Lapa, onde se entregaria.
A Polícia Federal informou que usará aviões da instituição para transferir os presos para Brasília ainda neste fim de semana - pois a competência de lidar com os detentos é da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal.
Dúvida
O presidente do STF havia determinado na última quarta-feira que os réus condenados deveriam começar a cumprir as penas imediatamente.
Na ocasião, não ficou claro se a decisão abrangeria réus que ainda questionavam algumas penas por meio de recursos conhecidos como embargos infringentes também seriam presos.
Porém, nesta sexta-feira, Barbosa expediu os primeiros mandatos de prisão para 12 dos 25 condenados pelo Mensalão.
BBCBrasil.comBBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.