Imagem publicada no Facebook mostra a festa dos professores de Caçapava (SP) Foto: Reprodução
Uma festa para professores da rede municipal de Caçapava, no interior de São Paulo, está causando polêmica na cidade. O evento, que ocorreu no dia 18 de outubro, contou com a apresentação de gogo boys. Segundo a TV Vanguarda, o baile de gala dos educadores acontece há nove anos, mas pela primeira vez teve a participação de dançarinos seminus.
A polêmica começou quando professores postaram fotos da festa nas redes sociais. As imagens mostram dançarinas em gaiolas e homens seminus. O presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Lanfredi, disse que recebeu denúncias de pais e de educadores contrários a atração e pediu explicações ao secretário da Educação. "Achamos que foi feita uma festa imoral para os professores", disse o vereador à TV Vanguarda.
O secretário da Educação, Sidnei Sanita, afirmou que o dinheiro da festa foi garantido com a venda de convites e que a participação dos dançarinos aconteceu em um pequeno momento do evento. "Estavam fora do horário de trabalho, são todos maiores de idade, a maioria acompanhados por seus marido e esposas", disse. Os professores chegaram a fazer um protesto na Câmara de Vereadores esta semana contra a decisão do presidente de pedir informações sobre a festa.
Terra