Buscar

I Primeira Festa da Melancia da cidade de Oscar Bressane - Dias 19 e 20 de outubro de 2013







Local Praça da Bíblia

Oscar Bressane - SP

Sábado dia 19 - 10 - 2013
início da festa as 18:00 hs

Domingo dia 20 - 10
a partir das 10:00 hs



  • Shows de músicas  
  • Gincanas
  • Stands de empresas
  • Exposições de melancias 
  • Praça de alimentação  


Sorveteria em Marília - Sorvete Americano

Nos próximos dias 30 e 31 de outubro de 2013, acontece mais um ano do Sarau do Saci - Marília SP

Nos próximos dias 30 e 31 de outubro de 2013, acontece mais um ano do Sarau do Saci - Marília SP! Venha ver, venha olhar!!



SARAU DO SACI 

Evento que busca valorizar o patrimônio cultural de Marília e região, abrangendo as expressões culturais e as tradições de artistas locais com vistas à preservação e o respeito de sua ancestralidade para gerações futuras.

Sarau do Saci - CEEJA - MARÍLIA

Educação

Evento que busca valorizar o patrimônio cultural de Marília e região, abrangendo as expressões culturais e as tradições de artistas locais com vistas à preservação e o respeito de sua ancestralidade para gerações futuras.
Foto: Nos próximos dias 30 e 31 de outubro de 2013, acontece mais um ano do Sarau do Saci - Marília SP! Venha ver, venha olhar!!

SARAU DO SACI
https://www.facebook.com/saraudosaci?fref=ts

Plano nacional de educação prevê o fim das Apaes |  RIC Mais Santa Catarina

Plano nacional de educação prevê o fim das Apaes |  RIC Mais Santa Catarina

Fim da APAE Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais,

APAE

O que o governo e os teóricos do governo chamam de inclusão,
Até minha bisavó sabe que é descaso com a educação,
Economia de dinheiro público...,

Agora o que até minha bisavó já desconfiava  
Ficou bem claro com a destruição da APAE
Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais,

Uma crueldade, uma maldade 
Com o santo nome de inclusão.

Essa é a sociedade que sabe desvirtuar
Tudo com os malabarismos teóricos cínicos...  


José Nunes Peireira

Fim da APAE Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais,

APAE

O que o governo e os teóricos do governo chamam de inclusão,
Até minha bisavó sabe que é descaso com a educação,
Economia de dinheiro público...,

Agora o que até minha bisavó já desconfiava  
Ficou bem claro com a destruição da APAE
Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais,

Uma crueldade, uma maldade 
Com o santo nome de inclusão.

Essa é a sociedade que sabe desvirtuar
Tudo com os malabarismos teóricos cínicos...  


José Nunes Peireira

GRAND EXPO GARÇA - 23 A 27 DE OUTUBRO 2013

Grand Expo Garça 2013 - 24 a 26/10/13 - Garça - SP  - TK INGRESSOS


Data do evento24 a 26/10/2013  
Abertura dos Portões19:00 h  
LocalCT Nassin  
Cidade / EstadoGarça / SP  
Classificação18 anos - Obrigatória apresentação do RG ou CNH original  


Grand Expo 2013

24/10 - Munhoz & Mariano
25/10 - Fred & Gustavo
26/10 - Eduardo Costa



 TKINGRESSOS:
Grand Expo 2013 24/10 - Munhoz & Mariano 25/10 - Fred & Gustavo 26/10 - Eduardo Costa

Carta a Ferreira Gullar, Fernando Veríssimo e Moacyr Scliar O Neoconcretismo de Ferreira Gullar, a influência de Fernando Verissimo e Moacyr Scliar no Imparcialismo.








Carta a Ferreira Gullar, Fernando Veríssimo e Moacyr Scliar

O Neoconcretismo de Ferreira Gullar, a influência de Fernando Verissimo e Moacyr Scliar no Imparcialismo.

O imparcialismo caminha de mão dada com o neoconcretismo, especialmente na poesia de Ferreira Gullar. Esse Movimento de poesias, cronopoemas ou cronocontos e artigos engajados na leitura da sociedade contemporânea; com uma linguagem direta, uma abordagem assimilada e atualizada ao contexto atual, é influenciada pelo neoconcretismo.

O neoconcretismo: essa poesia de denuncia, de renuncia e sem bajulação a elite e ao poder, tem sua continuidade na literatura imparcialista de engajamento social. A crítica que Ferreira Gullar faz a deformação do conceito de arte, o estilo claro, direto, objetivo, sem perder a poética, a subjetividade, a vida e a sensibilidade, faz escola e influência a poesia com função e engajamentos.

A roupagem da poesia social imparcialista tem a outra mão dada a Fernando Veríssimo e Moacyr Scliar. Os Imparcialistas encontram desses escritores a expressão correta para um tempo "em que todos possuem voz", em um tempo em que tudo pode ser moldado, justificado, teorizado, santificado e dignificado “segundo as nossas paixões” e desejos. 

O deboche, o ridículo, a piada que escondem à crítica social, o absurdo, a bestialidade, a selvageria, a desumanização passadas com coisa natural e sem assombro, a avacalhação, o irônico, o humor, o disfarce de pouca importância e a crítica indireta. Essas características que nos protegem do “apedrejamento” é usada na literatura imparcialista, disfarçando as intenções.  Esses aspectos encontradas na literatura de Veríssimo e Moacyr Scliar, não posso afirmar se intencional, é na literatura imparcialista, intencional e consciente desse malabarismo  na expressão e na construção da literatura.

José Nunes Pereira

23 – 09 – 2013 

RESULTADO BAURU CAP 22 -09-2013

RESULTADO BAURU CAP 22 -09-2013

BAIRRO - VILA NETINHO - JAÚ

Clique para Imprimir o Resultado

CLUBE DE AUTORES - José Nunes Pereira

José Nunes Pereira 

Entrevista e livros no Clube de Autores: 

https://clubedeautores.com.br/authors/100839

Livros: Literatura Imparcialista

José Nunes Pereira

Bio: José Nunes Pereira (J.Nunez) também é pesquisador, criador do Imparcialismo, integrante do Movimento Artístico, intelectual e literário Os Imparcialistas.

AlôArtista - Qual foi o ´click´ que despertou a sua arte? Qual o fato ou pessoa que teve mais influência na sua atividade?
José Nunes Pereira - Meu gosto para a poesia e a arte se despertou com a leitura de poetas brasileiros, especialmente com o poeta Castro Alves. Depois vieram muitos outros poetas brasileiros e estrangeiros, até que cheguei a poesia Imparcialista.

AlôArtista - O que você gostaria de ver divulgado, do seu trabalho, nesta entrevista?
JNP - Escrevo há muitos anos, porém a minha razão para escrever é a poesia Imparcialista, que resultou em um trabalho acadêmico chamado O Novo Contexto para a Arte e a Literatura contemporânea. O Imparcialismo é o trabalho na construção da literatura para o novo contexto e o estudo desse contexto para que os artistas de todos os ramos da arte possam trabalhar partindo dessa pesquisa.

AlôArtista - Qual é a principal ´mancada´ no Brasil, em se tratando de incentivo ao artista? É difícil ser artista neste país? O que poderia ajudar?
JNP - É difícil ser artista em qualquer lugar do mundo, quando o artista não está fazendo a coisa “comercial”. Talvez no Brasil seja ainda mais difícil porque não temos público para a cultura intelectualizada, mais refinada, bem elaborada ou ainda engajada em alguma questão realmente significativa. Muito diferente das conotações e do sexo na música. A maior mancada do Brasil é a falta de público para a cultura que não seja a de consumo e modismo.

AlôArtista - Conte um pouco sobre carreira e onde deseja chegar.
JNP - Escrevo há muitos anos e criei o Imparcialismo em 2008. Meu desejo é um dia ver o Imparcialismo sendo praticado por outros artistas, de todos os ramos. A função da arte pode ser revelar o homem e a sociedade a si mesma, deixando de ser mero reflexo de seu tempo, passando a ser o espelho onde o homem e a sociedade possam se ver e se transformar partindo dessa consciência. Talvez a arte possa ajudar o homem a encontrar o equilíbrio que ele tanto busca nesse tempo de labirintos.

AlôArtista - Como um site como o AlôArtista pode contribuir para ´os artistas´, na sua opinião?
JNP - Creio que o AlôArtista já está fazendo muito pelo artista, por ser esse espaço de divulgação da arte e do artista.

Blog literatura imparcialista



Entrevista realizada por Elisabete Almeida
bettyboop@aloartista.com



Sites oficiais do autor na internet:


Notícias sobre o autor e suas obras:


Livros publicados no Clube de Autores


O Imparcialismo
Impresso
R$ 26,58
Ebook
R$ 7,74
Os Imparcialistas
Impresso
R$ 26,51
Ebook
R$ 7,74

Blogs

Postagens mais visitadas

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS