Buscar

Medidas do prefeito Vinícius para enfrentar a crise na cidade de Marília


Prefeito Vinícius anuncia medidas para enfrentar dívida milionária

O prefeito municipal Vinícius Camarinha reuniu na manhã deste sábado seu secretariado, vereadores e a imprensa para anunciar um drástico corte de gastos para enfrentar a dívida de R$ 200 milhões da administração.
De acordo Vinícius de 2009 a 2012 a dívida liquida da prefeitura saltou de R$ 9 milhões para R$ 90 milhões. “Fomos obrigados a tomar medidas emergenciais para assegurar a atenção básica à população e os direitos mínimos dos servidores, com o pagamento dos seus salários”.
Dentre as medidas anunciadas estão: a criação da Corregedoria Geral, Ouvidoria, Controladoria, a realização de uma auditoria geral em todas as secretarias, autarquias e departamentos, renegociação e parcelamento dos contratos, contenção de despesas e incrementos e a suspensão do pagamento das funções gratificadas.
“Após assumirmos a prefeitura, solicitei um diagnóstico completo da situação financeira e o resultado foi alarmante, existe um déficit mensal de R$ 7 milhões, foi constatado o desvio de recursos vinculados na ordem de R$ 35 milhões, o que comprometeu serviços prioritários. Na saúde, existe uma fila de 15 mil pessoas aguardando consultas médicas, 35 mil para exames como raio X e ultrassonografia, 59 itens desfalcam a lista de medicamentos, além da frota sucateada de ambulâncias e demais carros utilizados pela rede municipal”.
Além da saúde, o prefeito revelou o caos na educação e nos serviços urbanos. “Do material de limpeza ao de escritório, a merenda de qualidade baixa e a frota deficitária. Na Secretaria de Serviços Urbanos os caminhões de lixo estão com problemas e houve a aquisição de equipamentos chineses que simplesmente não funcionam”.
A suspensão das funções gratificadas (FG1, FG2 e FG3) foi publicada no Diário Oficial do Município (portaria 27.928) e o prefeito fez questão de destacar que a medida é temporária. “Na verdade, cada secretário irá estudar o caso do servidor, estamos suspendendo as gratificações meramente políticas e o trabalhador que realmente for merecedor terá a volta do benefício. Peço a compreensão de todos e nesse momento o apoio, a economia tão fundamental para não vermos a máquina parada. Iremos honrar os compromissos, ontem, por exemplo, a prefeitura fez o pagamento dos recursos vinculados obrigatórios da saúde e educação, repassando no total R$ 1,8 milhões para hospitais como Santa Casa, Hospital Espírita, Instituto Uni Famema e Associação Feminina Maternidade Gota de Leite”.
Na quinta-feira, dia 10, o prefeito fará o anuncio do Programa Emergencial de Recuperação da Cidade, com medidas para garantir o serviço básico de atenção à população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Seguidores Blog Cidade de Marília

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS