Buscar

Queda da diretora regional de ensino Rosemeiri Açafrão.


Escândalo na educação derruba dirigente regional de ensino

Grupo de professores da rede estadual de ensino em Marília encaminhou este mês pedido para afastamento de Rosemeiri Açafrão

As sequências de escândalos no setor da educação estadual de Marília nas últimas semanas, que culminaram com a internação de uma professora vítima de AVC após vandalismo na escola em que lecionava, levaram a queda da diretora regional de ensino Rosemeiri Açafrão. Segundo a assessoria de imprensa do governo do Estado da Educação o pedido de desligamento partiu da própria dirigente.
Rosemeiri já vinha sendo pressionada por funcionários da diretoria e professores que a denunciaram ao Estado por comportamento antiético. Conforme noticiou com exclusividade o Jornal Diário, na edição do dia 10 de junho, grupo de docentes da rede estadual de ensino em Marília encaminhou, no último dia 8, à secretaria de Estado da Educação, gabinete do governador, Ministério Público e Assembleia Legislativa, pedido formal de afastamento ou remoção da dirigente regional de ensino, que vinha ocupando o cargo há pouco mais de cinco anos.
Entre as denúncias dos docentes estavam tratamento “pouco ético” e “desrespeitoso” de funcionários, diretores, professores e coordenadores de escolas. Além de manutenção e proteção de servidora investigada e afastada por fraude em planilhas com horários trabalhados e supostos favorecimentos e vícios em processos licitatórios, em recorrente benefício à empresa da esposa de um servidor da rede que teria relacionamento próximo de amizade com Rosemeiri.
Segundo apurou o Diário, o documento teve apoio de aproximadamente 80% dos mais de 1,5 mil professores, coordenadores e diretores da rede estadual em Marília. O estopim da queda de Rosemeiri foram os graves incidentes que envolveram a educação durante a semana passada. Na última segunda-feira, uma briga entre alunos em frente à escola estadual Bairro Nova Marília, causaram prejuízos ao patrimônio escolar, além de danos ao veículo da professora Eleuza Campanari Reis, que sofreu um AVC e foi encaminhada à UTI da Santa Casa, onde permanece internada. A família da vítima estuda processo contra o estado por danos morais.
Na semana anterior ao ato de vandalismo, os Bombeiros foram acionados para apagar incêndio no teto de uma sala de aula da mesma escola. Bombas detonadas por alunos teriam provocado as chamas.
A reportagem do Diário tentou contato por telefone com Rosemeiri na tarde de ontem, porém sua secretária informou que ela não poderia atender por estar sem voz.
A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Educação negou que o documento dos professores, contendo denúncias contra a dirigente, foi o responsável pela queda de Rosemeiri. Segundo o Estado o pedido de afastamento foi feito pela própria dirigente, que não manifestou os motivos. Ainda segundo a assessoria de imprensa, o cargo deverá ser ocupado pela substituta imediata Evanilde Elias Zamae enquanto não é decidido o nome do próximo dirigente regional de ensino.
fonte: http://www.diariodemarilia.com.br/Noticias/112321/Escndalo-na-educao-derruba-dirigente-regional-de-ensino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Seguidores Blog Cidade de Marília

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA

HORÁRIOS DE ÔNIBUS - MARÍLIA
ÔNIBUS